Torcedores transformados treinadores auxiliares durante a Copa das Confederações

HOME

Com esta tecnologia, empresas são capazes de entender opiniões coletivas e usá-las em prol do seu negócio.

A tecnologia que “escuta” a opinião dos torcedores através do Twitter foi desenhada pela equipe brasileira do laboratório de pesquisas da IBM Brasil e analisará com acuracidade todos os tuítes escritos em português (dentro e fora do Brasil), selecionando os que estiverem relacionados aos jogos do Brasil no campeonato e determinando qual o sentimento, positivo ou negativo, associado a cada um deles. A partir daí, serão geradas estatísticas e gráficos que ilustrarão os comentários sobre os temas mais discutidos no Twitter, como performance individual dos jogadores, desempenho da equipe, da comissão técnica e do árbitro antes, durante e após os jogos.

O resultado dessa análise será divulgado através de um aplicativo chamado Ei!, desenvolvido pela IBM especialmente para esse projeto, que poderá ser acessado através de um login e senha exclusivamente pelo técnico do Brasil, caso ele queira. “Reunimos Twitter e futebol, paixões que fazem parte da vida dos brasileiros, para mostrar como a explosão de dados pode ser valiosa para ajudar líderes a tomarem as melhores decisões. Conseguiremos analisar um grande volume de informações sobre a seleção com eficiência, assertividade e, praticamente, em tempo real. Basta tuitar para que todo brasileiro fanático por futebol possa ser ouvido por quem realmente interessa: o nosso técnico”, explica Claudio Pinhanez, gerente do Laboratório de Pesquisas com foco em Sistemas de Serviços da IBM Brasil.

Segundo Claudio, serão analisados até 5 milhões de tuítes por jogo. “Só para dar uma dimensão, a final do Campeonato Paulista, entre Santos e Corinthians, gerou quase 500 mil tuites ao longo de três horas”, compara o pesquisador.

Nos dias dos jogos, os resultados desta análise de sentimentos dos tuítes dos torcedores poderão ser vistos durante a transmissão da Band, parceira da IBM nesta ação.

“A tecnologia desenvolvida para o projeto Ei! possibilita, pela primeira vez no país, a análise de sentimentos em português de forma completamente automática de grande volume de tuítes, e pavimenta o caminho tecnológico para a utilização efetiva de análise de sentimentos por empresas que atuam no mercado brasileiro”, comenta Claudio.

Como funciona a tecnologia

Algoritmos foram criados pelo time do laboratório de pesquisas da IBM para identificar, filtrar e analisar todos os comentários em português do Twitter direcionados à seleção – antes, durante e após as partidas – gerando análises que podem direcionar as decisões do técnico durante os jogos. Entre as opiniões que poderão ser identificadas, através de palavras-chave selecionadas independente de hashtags, estão: escalação do time, mudanças que devem ser feitas durante o intervalo, táticas que devem ser exploradas e a perspectiva dos brasileiros após o jogo com relação à performance do time, de cada jogador e do técnico. “Em outras palavras, o Ei! transformará 194 milhões de brasileiros em treinadores auxiliares. É uma forma de integrar, de maneira efetiva, todos os torcedores com o seu time de coração, fazendo-os participar de todas as ações”, diz Claudio.

O Ei! está hospedado na plataforma de cloud pública da IBM, o SmartCloud Enterprise (SCE). Além de compartilhar a plataforma computacional com outras aplicações, diminuindo custos, a flexibilidade oferecida pela SCE permite facilmente alocar maior poder computacional para o processamento das informações conforme o volume de tuítes. “Para a análise de mídias sociais, cujo volume tende a oscilar muito ao longo do tempo, a utilização de cloud é fundamental”, finaliza o pesquisador.

Big Data X Análise de Sentimentos

A explosão de dados nas redes sociais tem se tornado uma verdadeira mina de ouro para as empresas. Consumidores se tornaram influentes formadores de opinião, compartilhando publicamente, entre centenas de amigos e milhares de usuários, seus pensamentos com relação a eventos, produtos e serviços. Para explorar estes dados valiosos, empresas têm usado a análise de sentimentos para compreender a preferência de seus clientes, tendências e reconhecimento da sua marca perante o mercado.

Com a associação da análise de dados e tecnologias de processamento de linguagem, a IBM desenvolveu o Índice de Sentimento Social, capaz de criar, em tempo real, insights instantâneos sobre a opinião pública. A solução avalia tudo o que está sendo falado na web, conseguindo expressar o sentimento das pessoas sobre determinado tema. Com esta tecnologia, empresas são capazes de entender opiniões coletivas e usá-las em prol do seu negócio.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor