Cuidado com o que publica no Facebook, se procura emprego

e-MarketingHOMERedes Sociais

As estatísticas parecem não deixar muitas margens para dúvidas: 10% dos candidatos a novo emprego em idades compreendidas entre os 16 e 34 anos já foram descartados, pelo menos uma vez, numa seleção de trabalho devido aos seus perfis em redes sociais. E porque os utilizadores do Facebook passam na rede social uma média de

As estatísticas parecem não deixar muitas margens para dúvidas: 10% dos candidatos a novo emprego em idades compreendidas entre os 16 e 34 anos já foram descartados, pelo menos uma vez, numa seleção de trabalho devido aos seus perfis em redes sociais. E porque os utilizadores do Facebook passam na rede social uma média de seis horas e 44 minutos por mês e colocam a cada dia 6,5 mil milhões de “likes”, a Kaspersky Lab resolver “oferecer” cinco conselhos de segurança para um correto uso do Facebook e restantes redes sociais.

Facebook

•             Cuidado com o que publica: As fotos e mensagens são mantidas nas redes sociais por um período de tempo muito longo. A memória da Internet é ilimitada. Lembre-se que as normas “básicas” de educação offline também se aplicam ao Facebook, pelo que os insultos e outros comportamentos socialmente repreensíveis não devem também ser praticado online.

•             Etiquetar com cuidado: “Tagging” é o processo de identificação das pessoas nas fotos e, embora nem sempre possamos controlar o processo, devemos ter cuidado com as fotos onde surgimos e avisar os amigos que não queremos ser identificados. Se o pessoal de recursos humanos descobre fotos suas pouco adequadas durante o processo de seleção, as suas hipóteses de conseguir o trabalho podem ser drasticamente reduzidas.

•             Utilize passwords seguras: Além de controlar a sua atividade no Facebook, também deve velar pela segurança da sua conta. Uma password segura, que contenha pelo menos oito caracteres com uma combinação de letras minúsculas e maiúsculas, bem como caracteres especiais e números, é um componente essencial da segurança básica online.

•             Cuidado ao usar pontos de acesso abertos: Os utilizadores também devem evitar os pontos de acesso não seguros, incluindo ligações LAN wireless em hotéis e outros espaços públicos. Muitos navegam através do smartphone e tablets não protegidos, e estes pontos podem tornar-se numa porta aberta para os ladrões de dados. Se não utilizar uma ligação encriptada para aceder a sites como Facebook, os cibercriminosos poderão aceder a toda a sua informação, intercetando contas do Facebook já existentes e publicando no nosso perfil o que quiserem, podendo prejudicar enormemente a nossa reputação online.

•             Instalar soluções de segurança: Estas soluções protegem os dispositivos contra ataques baseados na Internet e mantêm a informação pessoal privada a salvo. Uma solução de segurança completa, que além dos computadores proteja também smartphones é uma ferramenta imprescindível.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor