IBM ajuda PUC-Campinas a melhorar e simplificar uso da rede wireless

EmpresasHOMENegócios

A Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) investiu recentemente em um projeto para reestruturar a rede wireless nos três campi localizados na cidade. Realizado pela IBM, o serviço de implementação da solução incluiu a configuração de ativos, suporte durante a migração e aplicação da metodologia site-survey para identificação de áreas sem cobertura ou com baixa

A Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas) investiu recentemente em um projeto para reestruturar a rede wireless nos três campi localizados na cidade. Realizado pela IBM, o serviço de implementação da solução incluiu a configuração de ativos, suporte durante a migração e aplicação da metodologia site-survey para identificação de áreas sem cobertura ou com baixa performance.

Dados

E comunicado, a IBM explicou que basicamente a PUC-Campinas enfrentava alguns desafios com a antiga infraestrutura de rede. O sistema não era escalável, cada dispositivo era configurado e gerenciado de forma independente, sem um processo unificado. Além disso, a falta de mapeamento dos pontos de acesso existentes em cada local e de ferramentas adequadas para rastreamento dos usuários e identificação de problemas tornava a operação do ambiente complexa. Ainda, a baixa performance da plataforma permitia velocidade de banda de apenas 54 Mbps.

“Com foco na melhora completa do sistema, a IBM implementou a solução Cisco Unified Wireless Network, que centraliza em uma única ferramenta o provisionamento, a integração e o gerenciamento de todos os componentes da rede”.

A solução provisiona os pontos de acesso e, a partir deles, irradia três WLANs, uma corporativa, outra acadêmica (para alunos e professores) e outra para convidados, sendo que cada uma possui um método de autenticação e uma rede, que funciona de forma independente e configurada especificamente para o perfil do usuário. Os usuários corporativos são autenticados e caem numa rede isolada. Já o usuário “acadêmico” é autenticado através de um portal de captura que simplifica a usabilidade, enquanto o perfil “convidado” exige a criação de contas temporárias e permite apenas a conexão web externa, sem acesso interno.

A empresa de tecnologia garantiu no comunicado que já evidentes, os benefícios se revelam aos usuários internos e alunos da universidade, que identificaram melhorias de performance e disponibilidade da rede wireless, que agora tem um processo de conexão mais simples – o que é evidenciado por outro número: o total de acessos simultâneos à rede aumentou em 60% após a implementação da nova infraestrutura. “Já o time de TI da PUC-Campinas passou a administrar a rede wireless de forma simplificada e a partir de um único ponto de gerenciamento, o que facilita o trabalho de manutenção e reduz consideravelmente o custo operacional e o tempo de resolução de problemas”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor