EMC renova portfólio com foco na redução do custo e no aumento de capacidade

Big DataCloudData StorageEmpresasNegócios

  Arrancou hoje em Milão, Itália, o evento mundial da EMC que durante 24 horas vai servir de plataforma para apresentar os novos produtos desta multinacional norte-americana especializada em sistemas para infraestrutura de informação, software e serviços. A empresa explica que o objetivo dos produtos e serviços que serão agora lançados para o mercado é

susana marfão-01

 

Arrancou hoje em Milão, Itália, o evento mundial da EMC que durante 24 horas vai servir de plataforma para apresentar os novos produtos desta multinacional norte-americana especializada em sistemas para infraestrutura de informação, software e serviços. A empresa explica que o objetivo dos produtos e serviços que serão agora lançados para o mercado é dar aos clientes a velocidade que eles precisam para endereçarem a transformação das suas Tecnologias de Informação.

2013-09-04 11.04.31

Em Milão, o presidente & COO da EMC, David Goulden, garantiu à comunicação social presente que os três grandes “drivers” da empresa americana são cloud, big data e… confiança. A empresa pretende ajudar os clientes a lidarem com o massivo aumento de informação que hoje têm disponível, ao mesmo tempo que lutam com constrangimentos orçamentais. Ou seja, há que fazer mais, com menos. “A informação cada vez aumenta mais rapidamente e a própria indústria vai-se alterando. A questão é saber como é que os datacenter vão lidar com este amento massivo de informação”, disse o presidente. Na apresentação, Goulden deu como exemplo um cliente a quem a EMC vendeu, nos primeiros seis meses do ano, 85 petabytes de armazenamento, a maioria dos dados gerados pelo uso de smartphones.

E é precisamente para tentar responder a esta pergunta que a empresa norte-americana lançou hoje uma série de novos produtos. Um dos primeiros anúncios é a nova série de soluções de armazenamento unificado VNX que agora é apresentado, para o mesmo desempenho da geração anterior, a um terço do preço.

Já a arquitetura VSPEX passa a entregar duas vezes mais máquinas virtuais, mas ao mesmo preço.

A EMC anunciou ainda a disponibilidade da plataforma EMC ViPR, uma solução software-defined storage da EMC que a empresa norte-americana garante oferecer uma abordagem revolucionária à automação do armazenamento e ao gerenciamento pois transforma o armazenamento físico heterogêneo existente em uma plataforma de armazenamento virtual simples, expansível e aberta. Este último anúncio da plataforma EMC ViPR, que estava previsto só para o final do ano, vai afinal estar disponível ainda no corrente mês de setembro.

Foi também desvendado o denominado Projeto “Nilo”, uma plataforma de armazenamento de cloud que se pretende “elástica”. O focus é “entregar o controle de nuvem privada, segurança e flexibilidade com a escala, economia e facilidade de uso geralmente associado com a nuvem pública”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor