Nokia atrasa lançamento de “phablet” após acordo com Microsoft

HOMENegócios

A Nokia atrasou o lançamento de seu dispositivo “phablet”, smartphone de tela maior, originalmente planejado para o fim de setembro, na sequência do negócio em que vendeu sua unidade de dispositivos móveis e licenças de patentes para a Microsoft, disse uma fonte à Reuters. A Nokia planejava anunciar os novos aparelhos incluindo o phablet, um

A Nokia atrasou o lançamento de seu dispositivo “phablet”, smartphone de tela maior, originalmente planejado para o fim de setembro, na sequência do negócio em que vendeu sua unidade de dispositivos móveis e licenças de patentes para a Microsoft, disse uma fonte à Reuters.

Nokia-Logo1

A Nokia planejava anunciar os novos aparelhos incluindo o phablet, um smartphone com uma tela de mais de 5 polegadas, para

recuperar sua linha de smartphones Lumia, que usa o software Windows Phone, da Microsoft, de acordo com fontes familiares ao plano anterior ao negócio com a Microsoft.

Uma das fontes disse que o evento de lançamento, originalmente agendado para ocorrer em Nova York no fim do mês, foi adiado por várias semanas. A Reuters não pode confirmar uma nova data, e uma porta-voz da Nokia se recusou a comentar.

A Nokia e a Microsoft ainda estão operando como companhias separadas uma vez que o negócio de 5,44 bilhões de euros, anunciado em 3 de setembro, ainda não foi concluído. Mas o presidente-executivo Stephen Elop, que foi contratado da Microsoft em 2010 para recuperar a companhia e retornará à sua antiga empresa depois do fechamento do acordo, já se afastou para evitar possíveis conflitos de interesse.

Sob a gestão de Elop, a Nokia lutou para fechar a lacuna com a Samsung Electronics e a Apple em smartphones, embora tenha intensificado o ritmo de lançamentos de produtos no ano passado. A líder de mercado Samsung tem liderado o caminho em phablets, desmentindo seus críticos, que disseram que os aparelhos eram muito desajeitados.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor