Quais os aplicativos e plataformas mais utilizados para interagir com marcas no Twitter?

e-MarketingEmpresasNegóciosRedes Sociais

O uso de dispositivos móveis (especialmente o iPhone e smartphones com sistema Android) por consumidores para se comunicarem com as marcas no Twitter já é comum quando comparado ao de computadores domésticos, como PCs e notebooks. A constatação vem do estudo “Top Apps”, produzido pela área de Social CRM (gerenciamento das relações com consumidores pelas

O uso de dispositivos móveis (especialmente o iPhone e smartphones com sistema Android) por consumidores para se comunicarem com as marcas no Twitter já é comum quando comparado ao de computadores domésticos, como PCs e notebooks. A constatação vem do estudo “Top Apps”, produzido pela área de Social CRM (gerenciamento das relações com consumidores pelas redes sociais) da E.life, líder na América Latina em inteligência de mercado e gestão de relacionamento nas redes sociais.

Baseado em mensagens coletadas entre os dias 13 e 20 de agosto, por meio do software E.life Buzzmonitor, o estudo identificou as plataformas e os aplicativos que os internautas mais utilizam para interagir com grandes empresas no Twitter.  Fizeram parte da análise marcas de quatro diferentes segmentos: bancos, e-commerce, fast food e telefonia. Dois deles, com grande destaque na comunicação por dispositivos móveis.

Primeiro, as redes de fast-food, grupo em que apenas o aplicativo Foursquare (utilizado especialmente em smartphones e tablets para check-ins dos locais frequentados) foi responsável por quase metade das menções (49%). Se somadas as publicações feitas por aparelhos com sistemas Android e iOS (iPhones e iPads), esse número sobe para 68%.

twiter-FASTFOOD-03

Em relação aos bancos, 41% das interações no Twitter foram realizadas a partir dessas plataformas mobile, em especial, os Androids (19%) e iOS no iPhone (12%). Logo atrás vêm as empresas de telefonia, com 37%.

twiter-TELEFONIA-02

twiter-BANCOS-04

A categoria que teve números menos expressivos nesse quesito foi a de e-commerce, em que 28% das interações vieram de smartphones ou tablets.

twiter-ECOMMERCE-01

“O estudo mostra que as pessoas, mesmo em trânsito ou dentro dos próprios estabelecimentos, interagem com as marcas na internet”, comenta Alessandro Barbosa Lima, CEO da E.life. “Com isso, as empresas deverão investir cada vez mais em marketing que integre ações on e off line, bem como em aplicativos para aparelhos móveis”, completa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor