Tecnologia facilita acesso a advogados para pequenas causas

Negócios

Vou Processar é o site apresentado pelo empresário Claudio Castro que promete facilitar a vida das pessoas que buscam solucionar problemas por meio do Juizado de Pequenas Causas. Nele o consumidor publica o problema que o afeta e advogados cadastrados são acionados para defendê-lo. A escolha do profissional é feita pelo próprio usuário do serviço,

Vou Processar é o site apresentado pelo empresário Claudio Castro que promete facilitar a vida das pessoas que buscam solucionar problemas por meio do Juizado de Pequenas Causas. Nele o consumidor publica o problema que o afeta e advogados cadastrados são acionados para defendê-lo. A escolha do profissional é feita pelo próprio usuário do serviço, baseada nos perfis que se candidataram a defesa.

Vou-Processar.fw.mini.fw

Com apenas cinco meses em funcionamento o site já conta com mais de 80 advogados cadastrados, distribuídos em 15 estados, e mais de mil ocorrências em andamento. De acordo com o empresário, todos os advogados cobram um valor fixo de 25% pelo êxito da causa. Caso a decisão do Tribunal não seja favorável ao seu processo, o cliente não tem custo algum. Cada advogado paga um valor fixo para visualizar o banco de ocorrências da ferramenta e avaliar e se candidatar para defender o cliente. Em seguida, o VouProcessar coloca o cliente em contato com o profissional, para que possa dar prosseguimento ao processo.

Outra vantagem da tecnologia é que todos os profissionais inscritos são previamente analisados pela equipe do VouProcessar, como forma de identificar a regularidade do advogado junto à OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), para garantir maior segurança aos clientes. Segundo Castro, o site identificou que os setores que mais recebem reclamações são os que também figuram na lista do Procon, como: telefonia, bancos, cartões de crédito e TVs a cabo.

Outra constatação foi a predominância de pessoas da classe C entre os clientes. “Em geral o pessoal de classes A e B têm advogados ou conhecem como acessar esses profissionais.”

A ideia é que em breve o cliente também possa acompanhar o processo pelo site.

Este é o terceiro ano consecutivo que o empresário participa do encontro. Em 2012 ele foi responsável pelo sistema que credenciou os participantes. Para ele o Rio Info é uma excelente oportunidade de aumentar o networking e divulgar seus produtos e serviços.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor