Anatel fecha contrato de R$ 40,3 milhões com Indra

EscritórioHOMENegócios

A Indra, multinacional espanhola de serviços de TI, venceu licitação realizada por leilão eletrônico, que firma o contrato de ampliação de prestação de serviços de TI para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Avaliado em R$ 40,3 milhões, o contrato tem duração de cinco anos e envolve desenvolvimento, implementação e sustentação de aplicativos web e corporativos

A Indra, multinacional espanhola de serviços de TI, venceu licitação realizada por leilão eletrônico, que firma o contrato de ampliação de prestação de serviços de TI para a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Avaliado em R$ 40,3 milhões, o contrato tem duração de cinco anos e envolve desenvolvimento, implementação e sustentação de aplicativos web e corporativos internos da agência. Por ano, serão pagos à Indra R$ 8,06 milhões.

indra 3

Por meio do novo contrato, a Indra passa a ser responsável pela especificação técnica, criação, modelagem, implementação e manutenção evolutiva e corretiva dos sistemas aplicativos. A multinacional também prestará serviços de manutenção das ferramentas do portal, da Intranet e de mais de trinta sistemas corporativos, que estão sob uma infraestrutura online.

A empresa também informou que assumirá a sustentação dos sistemas de informação da Anatel, em um esforço para que todos estes serviços estejam no ar ininterruptamente, assegurando a comunicação da agência com seus profissionais e cidadãos.

No Brasil desde 1996, a Indra conta com 7,5 mil profissionais em todo o território nacional. A companhia registrou vendas da ordem de 3 bilhões de euros, conta com 42.000 profissionais no mundo, com clientes em 128 países. São seus clientes Petrobras, Exército Brasileiro, Caixa Econômica Federal. Com o governo brasileiro, a empresa fechou um contrato que prevê implementar projetos para MCTI, STE, TSE, Instituto Brasileiro de Inovação e Ciência, Instituto Nacional de Patrimônio Histórico e Artístico, Comissão Nacional de Energia Nuclear, Observatório Nacional, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Instituto Nacional do Semiárido, Museu Paraense Emílio Goeldi, Capes e Ministério dos Esportes.

Recentemente, ela fechou um contrato de R$ 12 milhões com a Secretaria de Estado de Defesa Social de Alagoas, para o fornecimento de comunicação digital via rádio, com 2.400 terminais portáteis, 690 móveis e 140 fixos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor