Caixa usa plataforma aberta da Diebold

CloudHOMESoftwareVirtualização

A Caixa Econômica Federal começou a segunda fase de implantação do Sisag (Sistema de Automação de Produtos e Serviços Bancários de Agência) em mais de 3.800 unidades próprias. O novo sistema, desenvolvido pela Diebold, utiliza plataforma open source em linguagem Java. O Sisag já foi implantado em mais de 2,3 mil agências. Todos os funcionários

A Caixa Econômica Federal começou a segunda fase de implantação do Sisag (Sistema de Automação de Produtos e Serviços Bancários de Agência) em mais de 3.800 unidades próprias.

caixa 2

O novo sistema, desenvolvido pela Diebold, utiliza plataforma open source em linguagem Java. O Sisag já foi implantado em mais de 2,3 mil agências.

Todos os funcionários que estão envolvidos diretamente com o atendimento ao público, de gerentes aos caixas e funcionários de retaguarda utilizarão a nova plataforma, que oferece navegação fácil e arquitetura de última geração.

“A grande vantagem do Sisag é que possui independência de plataformas, seja de hardware ou software, como sistemas operacionais, servidores de aplicação e sistemas de gerenciamento de bancos de dados”, explica Marco Aurélio Rodrigues, gerente de Suporte e Serviços Profissionais da Diebold Brasil.

Recentemente, a Caixa, que antes utilizava apenas softwares livres, investiu R$ 112,09 milhões em produtos Microsoft, incluindo milhares de licenças da suíte de escritório Office, do serviço de e-mail Exchange, sistemas operacionais para servidores, soluções de comunicação Lync, Sharepoint e bancos de dados SQL. Segundo o banco, os resultados alcançados com software livre análogo às soluções contratadas não foram satisfatórios.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor