Governo brasileiro solicitou dados à Apple

HOMESegurança

Em seu primeiro relatório de transparência, a Apple listou todos os pedidos feitos por governos ou agências oficiais, no período de janeiro a junho deste ano. Os dados são relativos às contas de clientes e dispositivos específicos. O Brasil é o único país latino-americano que aparece na lista, com oito solicitações de informações de oito

Em seu primeiro relatório de transparência, a Apple listou todos os pedidos feitos por governos ou agências oficiais, no período de janeiro a junho deste ano. Os dados são relativos às contas de clientes e dispositivos específicos.

apple logo

O Brasil é o único país latino-americano que aparece na lista, com oito solicitações de informações de oito contas específicas de clientes, que foram rejeitadas, segundo a Apple. Foram 5.057 dispositivos, o maior número, perdendo apenas para os 8.605 dos EUA.

De acordo com o documento, o governo dos Estados Unidos lidera o número de solicitações. A Apple recebeu entre 1 mil e 2 mil solicitações de 2 mil a 3 mil contas no primeiro semestre, porém não especificou quantos dados conseguiu reunir, afirmando que o número ficou entre zero e mil. Na sequência aparece o Reino Unido, com 127 solicitações de 141 usuários e Espanha, com 102 requisições de 104 usuários.

Em comunicado, a Apple declarou: “Acreditamos que nossos clientes têm o direito de entender como suas informações pessoais são tratadas, e consideramos que é nossa responsabilidade dar-lhes a melhor proteção de privacidade disponível”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor