Microsoft vai criptografar dados

e-MarketingEmpresasNegóciosSegurança

Depois da Google, do Facebook e da Yahoo, é a vez da gigante Microsoft criptografar os seus dados na internet. Após o escândalo sobre o sistema de espionagem da NSA (Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos), as empresas começaram a preocupar-se ainda mais com a segurança dos seus dados. Graças aos documentos que Edward

Depois da Google, do Facebook e da Yahoo, é a vez da gigante Microsoft criptografar os seus dados na internet.

seguranca-na-internet

Após o escândalo sobre o sistema de espionagem da NSA (Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos), as empresas começaram a preocupar-se ainda mais com a segurança dos seus dados.

Graças aos documentos que Edward Snowden trouxe a público, várias empresas descobriram quais os dados que a NSA estava a utilizar ilegalmente. De entre essas empresas está a Microsoft, que descobriu que serviços como o Hotmail e o Windows Live Messenger foram citados nos documentos da NSA.

Mas não fica por aqui. Segundo os documentos obtidos por Snowden, diversos emails da NSA mencionam também outro serviço da empresa – o Passport. Nos emails, a NSA indica-o como possível objeto no projeto de vigilância chamado “Muscular”.

Os responsáveis da empresa vão reunir esta semana, para decidir quando vão colocar em prática as novas medidas de segurança.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor