Positivo recompra cerca de 875 mil ações

HOMENegócios

O Conselho de Administração da Positivo Informática aprovou o programa de recompra de ações, de acordo com ata de reunião enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O objetivo da operação é a manutenção das ações em tesouraria e posterior alienação, sem redução do capital. Segundo o comunicado, de acordo com o disposto no artigo

O Conselho de Administração da Positivo Informática aprovou o programa de recompra de ações, de acordo com ata de reunião enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). O objetivo da operação é a manutenção das ações em tesouraria e posterior alienação, sem redução do capital.

image

Segundo o comunicado, de acordo com o disposto no artigo 5 da Instrução CVM n.º 10/80, encontram-se em circulação no mercado 25.706.906 de ações ordinárias. Tomando por base o volume de papéis em circulação no mercado e a inexistência de ações em tesouraria, a fabricante de PCs poderá adquirir até 875.183 mil ações, para depois aliená-las.

A aquisição deverá acontecer no pregão da BM&FBovespa e a instituição que atuará como intermediária nas operações de recompra será a BTG Pactual Corretora de Títulos e Valores Mobiliários. O prazo máximo para a realização das operações autorizadas será de até 365 dias, contados de quarta-feira, 27, até 26 de novembro de 2014.

Recentemente, a Positivo perdeu a liderança do mercado brasileiro para a Lenovo, que após a compra da CCE avançou agressivamente para conquistar o mercado de equipamentos de entrada. A percepção do consumidor em relação á qualidade dos equipamentos, do suporte técnico e pós-venda da Positivo também influenciaram essa queda nas vendas, mesmo com os esforços do fabricante em reverter a situação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor