Sennheiser protesta contra leilão de espectro nos EUA

HOME

A Sennheiser, fabricante de equipamentos especializados de áudio, entrará com uma representação junto ao FCC, órgão regulador norte-americano, por considerar que o uso de microfones e monitores de áudio sem fio que operam na frequência de 600 MHz será prejudicado, forçando muitos criadores de conteúdos dos EUA – incluindo profissionais de radiodifusão e produção de

A Sennheiser, fabricante de equipamentos especializados de áudio, entrará com uma representação junto ao FCC, órgão regulador norte-americano, por considerar que o uso de microfones e monitores de áudio sem fio que operam na frequência de 600 MHz será prejudicado, forçando muitos criadores de conteúdos dos EUA – incluindo profissionais de radiodifusão e produção de filmes e de espetáculos – a realizar seus eventos utilizando menos da metade do espectro UHF disponível.

sennheiser_skm5200

O documento submetido à autoridade reguladora pede que os vencedores do futuro leilão compensem financeiramente os proprietários de equipamentos de áudio que se tornarão obsoletos por causa da inundação do espectro com transmissões de alta energia. Segundo a Sennheiser, a agência não apresentou nenhum plano de contingência para compensar os usuários.

Os microfones e monitores da empresa são utilizados por toda a indústria de entretenimento, de estudantes a grandes estúdios cinematográficos. Praticamente toda a infraestrutura de captação de áudio de emissoras de rádio e TV utiliza em alguma instância aparelhos que operam na faixa dos 500 MHz. Com a utilização da faixa dos 600 MHz, será necessário deixar uma margem de segurança de 50 Mhz para evitar interferências, concentrando o uso da faixa até 550 MHz.

Em comunicado, a companhia pediu que outras empresas afetadas pela mudança entrem com reclamações junto ao FCC, para mostrar o quão danosa pode ser imposição governamental. Em 2008, com o leilão da faixa dos 700 MHz, equipamentos de áudio que operavam próximo à frequência tiveram que ser desativados, devido à interferência causada.

Uma das líderes na fabricação de microfones, headphones e sistemas de transmissão sem fio, a Sennheiser foi fundada em 1945 na Alemanha e tem presença em 60 países, inclusive o Brasil. A companhia já foi premiada com um Emmy, um Grammy e o Oscar de ciência e engenharia.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor