Vendas de tablets crescem 228% no Brasil

EscritórioHOMEMobilidadeTablets

Segundo estudo divulgado pela GfK, houve um incremento de 228% na venda de tablets. O levantamento, feito de janeiro a agosto, confrontado com o mesmo período de 2012, apontou o crescimento explosivo. O estudo ainda aponta que o crescimento foi impulsionado pela maior variedade de marcas e preços mais acessíveis. Os tablets com preço abaixo

Segundo estudo divulgado pela GfK, houve um incremento de 228% na venda de tablets. O levantamento, feito de janeiro a agosto, confrontado com o mesmo período de 2012, apontou o crescimento explosivo. O estudo ainda aponta que o crescimento foi impulsionado pela maior variedade de marcas e preços mais acessíveis.

tablet popular

Os tablets com preço abaixo de R$ 300 representam um terço das vendas no período. O número de marcas aumentou de 24 para 47 desde o ano passado, e o número de modelos pulou de 83 para 244. Os produtos com conectividade por 3G ou 4G custam mais caro, mas o preço médio baixou para a faixa de R$ 800 a R$ 1.100.

47% dos consumidores usaram a internet para comprar, 34% foram às lojas em shoppings e 14% foram a estabelecimentos na rua. A GfK escutou alguns consumidores em diversas capitais durante o mês de outubro e chegou a conclusão de que o fator preço é o que mais influencia na compra, ao contrário do ano passado quando a capacidade de memória era mais relevante.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor