40 milhões tem dados de cartão roubados nos EUA

HOMESegurança

Crackers invadiram o sistema de pagamento da rede de lojas Target, e conseguiram capturar dados de cartões de 40 milhões de clientes nos Estados Unidos. A invasão foi detectada primeiro pelo especialista em segurança Brian Krebs, e depois confirmada pela própria Target, que é a segunda maior rede de varejo nos Estados Unidos, atrás apenas do gigante

Crackers invadiram o sistema de pagamento da rede de lojas Target, e conseguiram capturar dados de cartões de 40 milhões de clientes nos Estados Unidos.

roubo de cartão de crédito

A invasão foi detectada primeiro pelo especialista em segurança Brian Krebs, e depois confirmada pela própria Target, que é a segunda maior rede de varejo nos Estados Unidos, atrás apenas do gigante Walmart.

A brecha, segundo a Target, aconteceu nos bancos de dados de um período de maiores vendas antes do natal, de 27 de novembro até 15 de dezembro, justamente quando aconteceu a Black Friday. Realizada logo após o feriado de ação de graças, a liquidação leva milhões de consumidores às lojas em busca de ofertas.

Segundo Krebs, os invasores furtaram dados que ficam gravados na tarja magnética dos cartões. Nos EUA, quase todas as transações ainda são feitas passando o cartão pelas leitoras, sem a necessidade de senhas. No Brasil, em que os chips criptografados são largamente usados, o uso de senha é regra. A Target contratou uma empresa especializada em segurança para investigar a invasão.

Com os dados roubados, os crackers podem criar clones dos cartões. Caso tenham interceptado também as senhas, podem até fazer saques em caixas eletrônicos.

Crackers são hackers criminosos, que utilizam seus talentos para obter vantagem financeira e arquitetar golpes e esquemas fraudulentos.

Krebs também diz que, até agora, não foram encontradas evidências de que pessoas que compraram na loja online da Target tenham sido afetadas. As vítimas seriam os compradores que foram às lojas físicas da empresa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor