BlackRock “luta” por voto de 7,789% na Telecom Italia

Mobilidade

A gestora de recursos norte-americana BlackRock disse nesta segunda-feira que sua participação com direito a voto na Telecom Italia era de 7,789 por cento em 15 de dezembro, acrescentando não ter acordos sobre a fatia que exigissem divulgação sob as regras italianas. Em um comunicado, a BlackRock afirmou ter bônus conversíveis da Telecom Italia no

A gestora de recursos norte-americana BlackRock disse nesta segunda-feira que sua participação com direito a voto na Telecom Italia era de 7,789 por cento em 15 de dezembro, acrescentando não ter acordos sobre a fatia que exigissem divulgação sob as regras italianas.

acoes

Em um comunicado, a BlackRock afirmou ter bônus conversíveis da Telecom Italia no valor de 183 milhões de euros (252 milhões de dólares), correspondentes a uma fatia de 1,639 por cento.

No domingo, o chefe do Consob, regulador italiano de mercados, disse que poderia multar a BlackRock por não informar no tempo devido que havia elevado sua participação no grupo de telecomunicações para mais de 10 por cento.

A BlackRock disse que não havia informado o Consob ou a Telecom Italia que sua fatia havia sido elevada acima de 10 por cento porque não detinha ações com direito a voto ou “uma posição comprada no geral” que exigisse isso.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor