Dell investe em canais para crescer

HOMENegócios

Poucas semanas após sair da bolsa, recomprando mais de US$ 24,9 bilhões em ações, a Dell mostrou uma nova estratégia de canais, que marca o fechamento do capital da empresa. A fabricante abrirá 200 mil contas diretas da empresa para seus canais nos EUA, para acelerar as vendas via canal, com o objetivo de aumentar

Poucas semanas após sair da bolsa, recomprando mais de US$ 24,9 bilhões em ações, a Dell mostrou uma nova estratégia de canais, que marca o fechamento do capital da empresa.

Dell-hq

A fabricante abrirá 200 mil contas diretas da empresa para seus canais nos EUA, para acelerar as vendas via canal, com o objetivo de aumentar fortemente a participação dos canais no faturamento da empresa. Com a iniciativa, a multinacional espera chegar a 60% de participação dos canais na arrecadação anual da empresa.

Agressiva, a nova estratégia colocará os parceiros em posição favorável, com previsão de comissões de até 20% sobre as vendas. Hoje a Dell conta com 143 mil representantes de vendas. A nova política de vendas prevê incentivos, suporte, acesso direto e amostras ou preços reduzidos para produtos de demonstração.

As novas medidas estão previstas para entrarem em ação a partir de fevereiro de 2014, valendo, por enquanto, apenas nos Estados Unidos. Ainda não há planos específicos para o Brasil.

A mudança é necessária para a sobrevivência da Dell, pois a queda constante no mercado de PCs afetou fortemente a maior fonte de receita do fabricante, que já teve na venda de computadores a maior parte de seus ganhos. Com a capilaridade dos canais e uma oferta diversificada de produtos e serviços, a empresa aposta na mudança para sua sobrevivência.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor