Empresas brasileiras querem ser pioneiras em TI

HOME

o Barômetro de Mobilidade da Motorola Solutions para a América Latina, elaborado em parceria com a agência de pesquisas TNS Internacional, apontou que o Brasil é o país mais inclinado a utilizar inovações em tecnologia na América Latina. A pesquisa ouviu 375 executivos líderes em TI e negócios da Argentina, Brasil, Colômbia e México. 35%

o Barômetro de Mobilidade da Motorola Solutions para a América Latina, elaborado em parceria com a agência de pesquisas TNS Internacional, apontou que o Brasil é o país mais inclinado a utilizar inovações em tecnologia na América Latina.

ti

A pesquisa ouviu 375 executivos líderes em TI e negócios da Argentina, Brasil, Colômbia e México.

35% das empresas brasileiras estão dispostas a adotar de forma pioneira ferramentas tecnológicas, mas sempre avaliando primeiro os problemas experimentados por outras corporações que já utilizaram alguma solução similar. 23% das empresas do país adotam tecnologia quando é indispensável e só 9% se nega a implementá-las, exceto quando é estritamente necessário, como a emissão da NF-e.

Em segundo lugar aparece a Colômbia, onde 17% das empresas estão dispostas a serem pioneiras em inovações e 21% de empresas as adotam rapidamente, mais depois de ver os resultados alheios. Em seguida está a Argentina, com 11% de suas empresas engajadas em serem as primeiras a inovar na adoção de TI, enquanto 22% está prestes a implementá-las depois de cautelosa análise.

O estudo indica ainda que o México é o país mais resistente a implementar novas tecnologias na América Latina, com 23% das empresas não dispostas a implementá-las se não for crucial, enquanto 48% só faz quando a tecnologia é amplamente aceita por outras empresas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor