Funcionários da Amazon entram em greve na Alemanha

EmpresasNegócios

Os funcionários da Amazon na Alemanha entram hoje em greve. O motivo da greve é a disputa sobre salários que se vem arrastando há meses. O sindicato Verdi disse que os funcionários entrarão em greve nos centros logísticos da Amazon em Bad Hersfeld, em Leipzig e em Graben. Os sindicatos dos trabalhadores dos Estados Unidos

Os funcionários da Amazon na Alemanha entram hoje em greve. O motivo da greve é a disputa sobre salários que se vem arrastando há meses.

newego_LARGE_t_1101_54193665

O sindicato Verdi disse que os funcionários entrarão em greve nos centros logísticos da Amazon em Bad Hersfeld, em Leipzig e em Graben. Os sindicatos dos trabalhadores dos Estados Unidos estarão solidários com os colegas alemães e, por isso, vão protestar em frente à sede da Amazon, em Seattle.

A greve pode estender-se por vários dias. Na terça-feira, os funcionários da Amazon da cidade alemã de Werne, vão dar continuidade aos protestos.

Ao longo desta ano, o sindicato alemão organizou várias greves curtas para tentar forçar a Amazon a aceitar acordos coletivos nos setores de entregas por correio e varejo, como referências para o salário dos funcionários nos centros de distribuição da companhia.

Por sua vez, a empresa considera os funcionários dos centros das cidades de Bad Hersfel e Leipzig como trabalhadores do setor de logística e, diz que estes, recebem salários acima da média dos padrões deste setor.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor