Homens lideram conselhos de Startups

EmpresasNegócios

Uma pesquisa feita pela agência Reuters mostra que os conselhos do mercado de startups do Vale do Silício são maioritariamente compostos por homens. A pesquisa incluiu as dez principais startups apoiadas por fundos de venture capital. Os resultados mostram que seis empresas não têm nenhuma mulher no Conselho e, as que têm, é só uma

Uma pesquisa feita pela agência Reuters mostra que os conselhos do mercado de startups do Vale do Silício são maioritariamente compostos por homens.

shutterstock_77526766

A pesquisa incluiu as dez principais startups apoiadas por fundos de venture capital. Os resultados mostram que seis empresas não têm nenhuma mulher no Conselho e, as que têm, é só uma mulher.

O desequilíbrio de gêneros neste setor é algo que já se tem tornado usual há vários anos. Esta tendência tem vindo a mudar, mas empresas como a Google, o Facebook e o Twitter abriram capital sem nenhuma mulher no Conselho.

As startups tendem a culpar a falta de mulheres nos Conselhos a fatores como juventude, o fato de os Conselhos serem pequenos, o foco no crescimento em detrimento de outras prioridades e a falta de mulheres no mercado de tecnologia.

O mais curioso é que 70 por cento dos serviços de publicação de fotos e vídeos são utilizados por mulheres, enquanto que o Conselho da companhia é composto somente por homens.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor