Investidor bilionário pressiona Apple por plano de recompra de ações

Negócios

O investidor bilionário Carl Icahn propôs à Apple um plano de recompra de ações muito menor do que havia defendido antes, conforme continua a pressionar a empresa norte-americana a compartilhar mais dinheiro, avança a agência Reuters. “Dei à Apple um aviso de que vamos propor a votação de um programa de recompra maior, porém não

O investidor bilionário Carl Icahn propôs à Apple um plano de recompra de ações muito menor do que havia defendido antes, conforme continua a pressionar a empresa norte-americana a compartilhar mais dinheiro, avança a agência Reuters.

acoes-1-e1374786462624

“Dei à Apple um aviso de que vamos propor a votação de um programa de recompra maior, porém não no nível de 150 bilhões de dólares”, disse Icahn em um tweet.

A emissora CNBC disse que Icahn planeja pleitear um programa de recompra de 50 bilhões de dólares.

Icahn havia anteriormente pressionado a Apple a recomprar 150 bilhões de dólares em ações. Ele possui cerca de 0,5 por cento das ações da empresa, segundo dados da Thomson Reuters.

O investidor disse na terça-feira à revista Time que fez a nova proposta à Apple em 26 de novembro, três dias antes do prazo para que sejam votadas as decisões na próxima reunião anual de acionistas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor