Microsoft quer que fabricantes indianas usem Windows Phone

EmpresasNegóciosSoftware

A Microsoft pretende aumentar a sua quota de mercado e por isso quer convencer as três principais fabricantes indianas a utilizarem o Windows Phone. Depois do rumor de que a multinacional pretendia pagar mil milhões de dólares à Samsung para que a sul-coreana fabricasse smartphones com o Windows Phone, surge agora a notícia das intenções

A Microsoft pretende aumentar a sua quota de mercado e por isso quer convencer as três principais fabricantes indianas a utilizarem o Windows Phone.

take-a-tour-of-microsofts-new-mobile-operating-system-windows-phone-8

Depois do rumor de que a multinacional pretendia pagar mil milhões de dólares à Samsung para que a sul-coreana fabricasse smartphones com o Windows Phone, surge agora a notícia das intenções da empresa norte-americana de convencer as fabricantes da Índia a usarem o sistema operativo móvel.

A Xolo, a Micromax e a Karbonn são as três fabricantes indianas com as quais a Microsoft está em conversações. O co-fundador e diretor da Xolo, Vishal Sehgal, já confirmou que a sua empresa está a preparar um smartphone para 2014 com o Windows Phone 8.1, que ainda não foi anunciado.

Também já foi confirmado que a Micromax está em negociações sobre as taxas a pagar pelo Windows Phone. Num mercado competitivo, as margens de lucro são limitadas e ter de pagar por um sistema operativo em vez de utilizar uma versão gratuita, como o Android, tem de ser bem ponderada.

Já a Karbonn ainda não confirmou nem desmentiu qualquer possibilidade sobre o Windows Phone.

De acordo com o IDC, a Karbonn, a Micromax e a Xolo possuem 32 por cento do mercado indiano.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor