No futuro, teremos guardiões digitais sempre alertas

Business IntelligenceData StorageHOME

A IBM, em seu estudo 5 in 5, que lista cinco inovações que poderão acontecer nos próximos cinco anos, apontou que é possível que surja um agente guardião vigiando nossas contas, para avisar e agir ao menor sinal de fraude ou roubo de identidade. Só nos Estados Unidos, mais de 12,6 milhões de pessoas tiveram

A IBM, em seu estudo 5 in 5, que lista cinco inovações que poderão acontecer nos próximos cinco anos, apontou que é possível que surja um agente guardião vigiando nossas contas, para avisar e agir ao menor sinal de fraude ou roubo de identidade.

5in5 segurança

Só nos Estados Unidos, mais de 12,6 milhões de pessoas tiveram seus cartões clonados ou informações de crédito roubadas. E isso apenas no ano passado. Recentemente, cerca de 40 milhões de pessoas tiveram seus dados roubados por crackers na loja norte-americana Target.

Hoje em dia, as companhias de cartão de crédito já fazem um certo controle do perfil de gastos de seus clientes, mas o que a IBM propõe vai muito além.

Com sistemas cognitivos em constante aprendizado, seu guardião digital estará atento a seus hábitos pessoais, que não estão necessariamente ligados às suas compras. De forma privada (os dados coletados podem ser limitados apenas para seu uso pessoal), o agente digital aprende seus hábitos alimentares (se você come ou não carne, se gosta de brócolis ou anchovas) e seus horários.

Seu agente digital também saberá quando você abasteceu a geladeira e quando colocou gasolina, além de calcular com bastante precisão quando será a próxima visita ao posto para abastecer. Todo esse processo envolve análise de big data e processamento cognitivo avançado.

Aí, se ele detectar que, em um horário estranho, você comprou uma pizza de brócolis com anchovas e encheu o tanque do carro muito antes do previsto, um alerta é emitido. Caso seja você mesmo, o guardião perguntará para você, em linguagem natural, questões de segurança que permitirão que ele julgue, sem interferência humana, se as transações são legítimas ou se você está sendo roubado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor