Telefônica Vivo quer reforçar oferta de cloud com fibra

CloudHOME

Em operação comercial desde maio, o serviço Vivo Cloud Plus é uma das principais apostas de crescimento do grupo Telefônica Vivo para 2014. O serviço de IaaS (Infrastructure as a Service) da Telefônica Vivo é baseado na tecnologia Vblock, criada pela empresa VCE, joint venture da Cisco, EMC e VMware para integrar componentes de processamento,

Em operação comercial desde maio, o serviço Vivo Cloud Plus é uma das principais apostas de crescimento do grupo Telefônica Vivo para 2014.

fibra

O serviço de IaaS (Infrastructure as a Service) da Telefônica Vivo é baseado na tecnologia Vblock, criada pela empresa VCE, joint venture da Cisco, EMC e VMware para integrar componentes de processamento, balanceamento, virtualização e armazenagem. A tecnologia Vblock simplifica a aquisição, implantação e operação de soluções de data centers, com ganho substancial de eficiência operacional e maior competitividade.

Com um dos data centers mais modernos da América Latina, instalado em Santana do Parnaíba (SP) após investimento de R$ 400 milhões, o Vivo Cloud Plus agora procura ganhar vantagem estratégica levando a fibra ótica a seus clientes corporativos. Até agora, 140 quilômetros de fibras foram implantadas em sete capitais: Recife, Curitiba, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Salvador e Porto Alegre. Para 2014, está previsto o cabeamento ótico de mais 14 cidades.

“Transformar-se numa telco digital é o caminho natural para uma empresa cada vez mais de internet e que tem hoje como prioridade oferecer soluções digitais inovadoras para clientes individuais, residenciais e corporativos”, afirma Antonio Carlos Valente, presidente da Telefônica Vivo.

Além dos serviços em cloud computing, a empresa tem em seu portfolio soluções em segurança da informação, serviços financeiros, applications, machine to machine (M2M), e-Health, content delivery network (CDN) e advertising.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor