Alan Mulally não vai ser próximo CEO da Microsoft

NegóciosSoftware

 A Microsoft está mais perto de nomear um novo presidente-executivo, segundo uma fonte familiarizada com os planos do conselho de administração, mas a companhia perdeu um dos candidatos que lideravam a corrida na terça-feira quando o chefe da Ford, Alan Mulally, disse que não irá para a gigante de software, avançou a Reuters. A Microsoft

 A Microsoft está mais perto de nomear um novo presidente-executivo, segundo uma fonte familiarizada com os planos do conselho de administração, mas a companhia perdeu um dos candidatos que lideravam a corrida na terça-feira quando o chefe da Ford, Alan Mulally, disse que não irá para a gigante de software, avançou a Reuters.

FORD ANNOUNCES ALAN MULALLY WILL REPLACE BILL FORD AS CEO

A Microsoft disse no mês passado que esperava nomear um novo presidente-executivo no começo deste ano. A empresa busca um sucessor para Steve Ballmer desde que ele anunciou, em agosto, seu plano para se aposentar.

Fontes familiarizadas com o processo disseram à Reuters que a Microsoft chegou a um “punhado” de candidatos, incluindo uma ou mais pessoas de fora da indústria de tecnologia, o ex-presidente-executivo da Nokia, Stephen Elop, além de Satya Nadella e Tony Bates da própria Microsoft.

Mulally, que nunca negou seu interesse pelo cargo na Microsoft, disse à Associated Press na terça-feira que permanecerá na Ford por pelo menos este ano. Duas pessoas próximas ao assunto disseram à Reuters que o nome de Mulally não está mais sendo considerado para o cargo na Microsoft.

O presidente-executivo da Ford disse que queria acabar com a especulação da Microsoft “pois eu não tenho outros planos para fazer qualquer coisa senão atuar na Ford”. Quando a AP questionou se seus comentários deveriam acabar com as preocupações de investidores sobre sua saída, Mulally disse: “Vocês não têm que se preocupar sobre eu sair”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor