China obriga usuários a registrar nomes reais

e-Marketing

A China vai obrigar os usuários de sites de vídeos online a registrar seus nomes reais para transferir dados de vídeos para sites chineses. A notícia foi avançada por um órgão oficial. Esta é apenas mais uma das medidas que o Partido Comunista aprova para controlar a Web e a mídia do país e, assim,

A China vai obrigar os usuários de sites de vídeos online a registrar seus nomes reais para transferir dados de vídeos para sites chineses.

360_1china_img_4630

A notícia foi avançada por um órgão oficial. Esta é apenas mais uma das medidas que o Partido Comunista aprova para controlar a Web e a mídia do país e, assim, reprimir sentimentos antigovernistas.

Segundo a Administração Chinesa para Imprensa, Publicações, Rádio, Filme e Televisãoem, a nova regra foi implementada para “evitar conteúdo vulgar, violência exagerada e conteúdo sexual em vídeos na Internet, que têm um efeito negativo na sociedade”.

Por norma, os sites de vídeos online são muitas vezes usados para fazer comentários e críticas sociais na China. Muitos dos vídeos postados documentam corrupção, injustiça e abusos cometidos por autoridades do governo. Já conquistaram cerca de 428 milhões de usuários.

Em 2013, o Partido Comunista iniciou uma forte campanha para controlar o discurso online. A entidade ameaçou tomar ações legais contra pessoas que iniciassem rumores em plataformas de microblogs que fossem republicados mais de 500 vezes ou vistos por mais de 5 mil pessoas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor