Conexões M2M para varejo chegarão a 33,3 milhões em 2018

e-MarketingHOMEM2MNegóciosRedes

A indústria do varejo terá, até os próximos quatro anos, uma base global instalada de conexões máquina-a-máquina (M2M) de 33,3 milhões. A informação foi apurada pela consultoria Berg Insight. O número inclui terminais POS (as máquinas portáteis de cartão), caixas eletrônicos (ATM) e máquinas de venda. A expansão representa uma média de crescimento anual composto

A indústria do varejo terá, até os próximos quatro anos, uma base global instalada de conexões máquina-a-máquina (M2M) de 33,3 milhões.

Máquina-de-cartão

A informação foi apurada pela consultoria Berg Insight. O número inclui terminais POS (as máquinas portáteis de cartão), caixas eletrônicos (ATM) e máquinas de venda.

A expansão representa uma média de crescimento anual composto (CAGR) de 12,6% nos próximos cinco anos. Simultaneamente, o número de dispositivos M2M para o varejo vai crescer com uma CAGR de 6,5%, passando dos atuais 6,6 milhões de unidades para 9,1 milhões de unidades em 2018.

Cerca 90% de todas as conexões M2M no segmento, até no final de 2013,serão dos terminais POS. A empresa de inteligência orientada aos negócios considera que esse mercado é “relativamente maduro”, que a maior parte do crescimento será com o aumento dos pagamentos eletrônicos em mercados emergentes.

As máquinas de venda de produtos ainda têm menor participação e são responsáveis por 7,4% dos 6 milhões de máquinas nos EUA, enquanto na Europa a proporção é de 2,9% de 3,8 milhões.

Para a Berg Insight, esse tipo de conexão será o próximo grande passo para a indústria. A previsão é de que, em 2018, os Estados Unidos tenham 1,14 milhão de máquinas de venda com conexão e a Europa tenha 400 mil unidades. Mas o crescimento, segundo os analistas da consultoria, está condicionado à redução dos custos das conexões M2M.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor