Dataprev migra dados de mainframes da Receita Federal

CloudHOMESoftware

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) finalizou a migração de todos os dados e sistemas previdenciários da Receita Federal do Brasil (RFB) e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) que estavam residentes em computadores de grande porte. “Foi uma das maiores e mais complexas operações de migração de sistemas de plataforma

A Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência Social (Dataprev) finalizou a migração de todos os dados e sistemas previdenciários da Receita Federal do Brasil (RFB) e da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) que estavam residentes em computadores de grande porte.

dataprev

“Foi uma das maiores e mais complexas operações de migração de sistemas de plataforma alta para aberta já realizadas no País”, avalia o diretor de Relacionamento, Desenvolvimento e Informações da Dataprev, Rogério Mascarenhas.

O trabalho do time de TI da Dataprev envolveu dez grandes bancos de dados e 8,5 bilhões de registros, além da implantação simultânea de 12 grandes aplicações e a conversão para Java de 3,4 milhões de linhas de código escritas em Cobol.

A migração para plataforma aberta representa o fim da dependência tecnológica do mainframe, que opera com ambientes proprietários e linguagens próprias, de complexa transposição. Com a mudança, a Dataprev prevê redução de custos, agilidade para atender demandas e mais facilidade de manutenção.

“É uma mudança radical do paradigma tecnológico e de trabalho”, afirma Mascarenhas. ““Acredito que conseguiremos colocar a Receita Federal do Brasil e a PGFN em um outro patamar de atendimento, com relação a novos sistemas”, prevê ele.

Na plataforma baixa (com sistemas predominantemente baseados em Oracle e Java), a expectativa é desenvolver novas funcionalidades e produtos, usando tecnologias que acompanhem os avanços do mercado, e expandir os recursos de infraestrutura que atendem ao cliente. Como não depende de um único tipo de hardware para rodar, a nova plataforma reduzirá também o custo de propriedade em TI.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor