Governo e empresas de tecnologia dos EUA chegam a acordo

Segurança

A administração Obama e as grandes empresas de tecnologia dos Estados Unidos chegaram a um acordo. Segundo o Departamento de Justiça norte-americano, o acordo vai permitir às companhias divulgar ao público mais detalhes sobre ordens judiciais relacionadas com espionagem. O acordo irá atender aos pedidos de companhias como a Google e a Microsoft, que queriam mais liberdade

A administração Obama e as grandes empresas de tecnologia dos Estados Unidos chegaram a um acordo. Segundo o Departamento de Justiça norte-americano, o acordo vai permitir às companhias divulgar ao público mais detalhes sobre ordens judiciais relacionadas com espionagem.

segurança-digital

O acordo irá atender aos pedidos de companhias como a Google e a Microsoft, que queriam mais liberdade para divulgar dados sobre ordens judiciais.

Em junho, as empresas pediram esclarecimentos sobre seus relacionamentos com autoridades legais norte-americanas e agências de espionagem.

Este pedido foi feito logo depois do ex-prestador de serviços da Agência Nacional de Segurança dos Estados Unidos, Edward Snowden, divulgar documentos sobre o trabalho da agência de espionagem norte-americana.

O governo de Barack Obama tem sido cauteloso em divulgar dados que poderiam ajudar militantes suspeitos de outros países a evitar vigilância.

O acordo será aplicável a todas as companhias dos EUA e vai ainda possibilitar-lhes novas opções sobre como apresentar informação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor