HP estimula consumidores a adotarem Windows 7 nos EUA

EscritórioHOMESoftware

Pelo jeito, não são só os usuários de elite que escolheram deixar o Windows 8 passar. Em um movimento inédito, a HP passou a oferecer, “por demanda popular”, máquinas com o Windows 7 com descontos atraentes. Muitos especialistas consideram o Windows 8 o novo Vista, um Windows entulhado de recursos nem sempre necessários e performance

Pelo jeito, não são só os usuários de elite que escolheram deixar o Windows 8 passar. Em um movimento inédito, a HP passou a oferecer, “por demanda popular”, máquinas com o Windows 7 com descontos atraentes.

Windows 7 etiquetas

Muitos especialistas consideram o Windows 8 o novo Vista, um Windows entulhado de recursos nem sempre necessários e performance considerada inferior. Pelo jeito, a HP está atenta às reclamações e decidiu investir em um filão inesperado: máquinas com uma versão anterior do sistema da Microsoft.

Com a promessa de US$ 150 de desconto, a HP oferece agora, pelo menos em sua linha de desktops, o Windows 7 como sistema pré-instalado. Se preferir, o consumidor pode comprar as máquinas com Windows 8, mas a opção não é padrão.

Os notebook e ultrabooks da empresa continuam sendo anunciados com Windows 8, mas logo após a primeira tela de configuração na loja online da empresa, o Win 7 pode ser escolhido e o desconto de US$ 150 aplicado.

A HP é o primeiro fabricante a oferecer abertamente o Windows 7 como sistema padrão. Dell, Acer e Lenovo também oferecem a possibilidade de pré-instalar o sistema, mas o Windows 8 sempre é vendido como principal.

Muitos consumidores ficaram frustrados com a mudança que o Windows 8 trouxe. A mistura de funcionalidades entre um sistema para desktops e tablets e a dificuldade em utilizar a interface antiga e familiar acabaram por alienar possíveis clientes.

Com o mercado de PCs encolhendo rapidamente, o movimento da HP foi inteligente. Ao apostar no que o consumidor quer, a empresa estimula as vendas de suas linhas e se destaca perante a concorrência. Resta saber como a Microsoft reagirá à iniciativa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor