Intel mantém fechada nova fábrica de chips

EmpresasNegócios

A Intel Corp cancelou a abertura da Fab 42, uma fábrica de grandes dimensões de chips antes descrita por Barack Obama como “um exemplo do potencial da manufatura dos Estados Unidos”. A decisão foi anunciada pelo antigo Presidente e CEO da Intel Paul Otellini durante uma visita do presidente dos EUA ao edifício da Intel

A Intel Corp cancelou a abertura da Fab 42, uma fábrica de grandes dimensões de chips antes descrita por Barack Obama como “um exemplo do potencial da manufatura dos Estados Unidos”.

Barack Obama

A decisão foi anunciada pelo antigo Presidente e CEO da Intel Paul Otellini durante uma visita do presidente dos EUA ao edifício da Intel em Oregon. De recordar que a infraestrutura foi construída em Chandler no Arizona, com um custo de originalmente cinco bilhões de dólares.

Apesar de não consumar a abertura do novo complexo industrial, a Intel já anunciou a intenção de contratar mil funcionários desde que a construção da fábrica começou em 2011. De ressalvar também que a Intel tem recebido benefícios de impostos estatais devido à contratação destes profissionais.

Chuck Mulloy da Intel referiu que  a infraestrutura “irá permanecer fechada para abertura futura enquanto as fábricas da mesma região são atualizadas”. Mulloy disse à agência européia de notícias Reuters que “a nova construção vai ser deixada como vaga por agora e terá como objetivo as futuras tecnologias”.

A Intel é a mais conceituada fabricante de chips em todo o mundo, mas ultimamente “foi apanhada de surpresa pela invenção e consequente proliferação dos smartphones e tablets, que reduz a procura de PC’s que constituem o principal foco da companhia”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor