Lucro da Microsoft sobe graças às fortes vendas de Office

EmpresasGestãoNegóciosResultados

A Microsoft anunciou que o seu lucro no segundo trimestre fiscal subiu 3 por cento. Este crescimento só foi possível graças às fortes vendas de seu software Office para empresas. A maior empresa de software do mundo registrou lucro de 6,56 bilhões de dólares (0,78 dólar por ação). No mesmo período do ano anterior, a

A Microsoft anunciou que o seu lucro no segundo trimestre fiscal subiu 3 por cento. Este crescimento só foi possível graças às fortes vendas de seu software Office para empresas.

vencer-investidor

A maior empresa de software do mundo registrou lucro de 6,56 bilhões de dólares (0,78 dólar por ação). No mesmo período do ano anterior, a Microsoft tinha registado 6,38 bilhões de dólares (0,76 dólar por ação).

O resultado superou facilmente a média das estimativas dos analistas de Wall Street, de 0,68 dólar, sendo que as ações da Microsoft subiram quase 4 por cento no after market.

As vendas subiram 14 por cento (24,5 bilhões de dólares) ajudadas por crescimento nas vendas do Office, de seu console de videogame Xbox e dos novos tablets Surface. As estimativas de Wall Street apontavam para o valor de 23,7 bilhões de dólares.

Em relação à busca de cinco meses por um novo presidente-executivo para substituir Steve Ballmer, a Microsoft não fez qualquer comentário.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor