Lucros da Huawei nos smartphones aumentam

EmpresasMobilidadeNegóciosSmartphones

A empresa chinesa Huawei começa a ter sucesso no mercado de eletrônica de consumo, ainda que um dos principais mercados, o norte-americano, continue uma ilusão para a empresa. A Huawei se tornou na terceira maior fabricante de smartphones do mundo, principalmente por causa do rápido crescimento do mercado chinês. Na Europa, a empresa também tem

A empresa chinesa Huawei começa a ter sucesso no mercado de eletrônica de consumo, ainda que um dos principais mercados, o norte-americano, continue uma ilusão para a empresa.

huawei-ascend-p2

A Huawei se tornou na terceira maior fabricante de smartphones do mundo, principalmente por causa do rápido crescimento do mercado chinês. Na Europa, a empresa também tem crescido.

Nos Estados Unidos, o segundo maior mercado de smartphones, o nome é virtualmente desconhecido, onde os legisladores alertaram que os equipamentos de telecomunicações chineses eram um potencial risco de segurança.

Os dispositivos de consumo da empresa são 23 por cento das receitas totais da Huawei no último ano, crescendo um por cento face aos 22 por cento de 2012. Cathy Meng, CFO da empresa, anunciou que este pequeno crescimento fez com que a receita aumentasse de 238 mil milhões de yuan para 240 mil milhões (pouco mais de 29 mil milhões de euros). O lucro não auditado cresceu oito por cento. O objetivo era um crescimento anual de dez por cento durante cinco anos, a começar em 2013.

O lucro operacional não auditado cresceu para 29,4 mil milhões de yuan desde 28,6 mil milhões. O lucro operacional auditado em 2012 era de 19,96 mil milhões de yuan, o que significa um aumento de 43,3 por cento. A empresa justifica este aumenta no lucro operacional às mudanças de gestão internas e à redução de custos operacionais.

Os resultados auditados da empresa chinesa vão ser públicos em março ou abril, incluindo o lucro de rede que, segundo a empresa, não deve ser muito diferente dos lucros operacionais.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor