Perdas da Acer levam a corte de 30 por cento nos executivos

EmpresasNegócios

Os executivos da Acer vão ter um corte de 30 por cento nos seus salários depois da empresa ter reportado uma perda de rede melhor que o esperado, enquanto a venda de computadores continua a enfraquecer. Pelo quarto trimestre, a quarta maior vendedora de computadores reportou uma perda de rede no valor de 254 milhões

Os executivos da Acer vão ter um corte de 30 por cento nos seus salários depois da empresa ter reportado uma perda de rede melhor que o esperado, enquanto a venda de computadores continua a enfraquecer.

pay-cuts

Pelo quarto trimestre, a quarta maior vendedora de computadores reportou uma perda de rede no valor de 254 milhões de dólares, sendo que as expectativas eram de 122,66 milhões de dólares por alguns analistas.

No terceiro trimestre, a empresa apresentou uma perda de rede pior que o esperado de 13,12 bilhões de dólares tailandeses (cerca de 1,03 bilhões de reais) e 3,37 bilhões de dólares tailandeses no mesmo trimestre em 2012.

“A Acer reconhece os erros do passado na alocação de recursos e outras expectativas para ultrabooks e notebooks com touchpanel”, afirmou a empresa em comunicado. “Ainda que os produtos liderem em design, não preenchem corretamente as necessidades do mercado”.

Eva Ho, Chief Financial Officer da empresa, referiu em conferência de imprensa que a empresa vai continua a enfrentar os desafios mas que as perdas têm de continuar a diminuir. Tendo sido anunciado, anteriormente, uma redução de sete por cento na força de trabalho, Eva Ho não teceu nenhum comentário.

Como parte de uma estratégia de dar a volta à situação, a companhia nomeou, em Dezembro, Jason Chen como novo CEO e lançou uma nova iniciativa de integrar hardware, software e serviços cloud.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor