Skype garante segurança de dados depois do ataque do EES

EmpresasNegóciosSegurança

Depois do Exército Eletrônico Sírio ter tomado o controle dos perfis da empresa no Twitter e no Facebook, a empresa Skype veio agora garantir que as informações de seus usuários estão seguras. O Exército Eletrônico Sírio, um grupo de hackers que apoia o governo sírio, fez no passado dia um, um ataque cibernético para protestar contra a espionagem da

Depois do Exército Eletrônico Sírio ter tomado o controle dos perfis da empresa no Twitter e no Facebook, a empresa Skype veio agora garantir que as informações de seus usuários estão seguras.

Skype-Android-Tablet

O Exército Eletrônico Sírio, um grupo de hackers que apoia o governo sírio, fez no passado dia um, um ataque cibernético para protestar contra a espionagem da Agência Nacional de Segurança (NSA), acusando a Microsoft de vender informações dos usuários.

Apesar do Skype ter recuperado rapidamente o controle dos seus perfis nas redes sociais, os hackers tiveram tempo de enviar várias mensagens alertando os usuários que usam as contas da Microsoft.

A empresa reconheceu que os seus perfis tinham sido “hackeados” temporariamente, mas informaram que “nenhuma informação dos usuários foi comprometida”.

Esta não é a primeira vez que o Exército Eletrônico Sírio realiza um ataque cibernético. Os piratas já “hackearam” vários sites de meios de comunicação americanos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor