ZTE apresenta celular modular Eco-Mobius na CES

MobilidadeNegócios

A produtora de smartphones chinesa ZTE aceitou o desafio no CES de desvendar o Eco-Mobius, o conceito de telefone modular da empresa chinesa. Eco-Mobius é um smartphone pensado pela ZTE que aparece em 2014 como uma solução mais ecológica para os celulares, com a lógica de que “se as pessoas conseguirem fazer upgrade ao seu telemóvel, os

A produtora de smartphones chinesa ZTE aceitou o desafio no CES de desvendar o Eco-Mobius, o conceito de telefone modular da empresa chinesa.

modular2222222

Eco-Mobius é um smartphone pensado pela ZTE que aparece em 2014 como uma solução mais ecológica para os celulares, com a lógica de que “se as pessoas conseguirem fazer upgrade ao seu telemóvel, os aparelhos não vão danificar tão facilmente a paisagem depois de irem para o lixo”.

No interior, o celular está dividido em quatro módulos independentes: LCD, core, câmara e bateria. O módulo LCD inclui a tela e as lentes da câmara. Já o módulo core consiste no CPU, GPU, ROM e RAM, todos eles removíveis e as outras partes eletrónicas como a câmara estão unidas graças a conexões magnéticas.

Também existem baterias de vários tipos de tamanho disponíveis, oferecendo capacidades mais elevadas de tempo útil de bateria, com componentes com um recorte simplesmente no caso de eventualmente se precisar de fazer upgrade ou substituir estes componentes.

Ao contrário de algumas das outras configurações a modulares existentes a nível mundial, a da ZTE aparenta ser um pouco mais simplificada e, como resultado, tem um design mais parecido com o de um smartphone convencional. O aparelho estará disponível em três tamanhos, podendo ser adquirido futuramente em 4.9, 5.8 ou 7.9 polegadas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor