Alcatel-Lucent e Intel querem acelerar o go-to-market das operadoras

CloudMobilidadeNegóciosOperadorasRedes

Durante o Mobile World Congress, a Alcatel-Lucent anunciou que aumentou a sua colaboração com a Intel para ajudar as operadoras a desenvolver novos produtos e serviços com tecnologias cloud. A Alcatel-Lucent anunciou que ampliou o seu acordo com a Intel com o objetivo de ajudar as operadoras a melhorar a sua chegada ao mercado e

Especial BRDurante o Mobile World Congress, a Alcatel-Lucent anunciou que aumentou a sua colaboração com a Intel para ajudar as operadoras a desenvolver novos produtos e serviços com tecnologias cloud.

Picture of the lgo of Telecom equipmentA Alcatel-Lucent anunciou que ampliou o seu acordo com a Intel com o objetivo de ajudar as operadoras a melhorar a sua chegada ao mercado e a desenvolver produtos e serviços criativos com o uso de tecnologias cloud.

Parceiras antigas no mercado de virtualização, a Alcatel-Lucent e a Intel acreditam que, combinando os seus recursos e experiências, deram um grande impulso à indústria.

Ambas as empresas falaram de Network Functions Virtualization (NFV), algo especialmente indicado para os provedores de serviços móveis porque permite inovar mais rápida e facilmente ao mesmo tempo que se melhora o ROI.

A colaboração entre a Alcatel-Lucent e a Intel centra-se por uma parte da oferta de Virtualized Rádio Access Networks (RAN) da gigante das telecomunicações, que irá permitir aos operadores utilizar plataformas de propósito geral em configurações que irão reduzir o TCO e irão melhorar  a capacidade de operador para escalar as redes e satisfazer assim a procurado por dados móveis e a rápida troca de dispositivos e aplicações.

A colaboração entre a Alcatel-Lucent e a Intel também se centra na plataforma CloudBand NFV da Alcatel-Lucent, que permite acelerar as provas, validação e desenvolvimento de produtos e tecnologias NFV.

Uma última parte da colaboração centra-se no processamento de pacotes de alto rendimento para plataformas IP/MPLS e funções avançadas que permitam à equipe de desenvolvimento IP da Alcatel-Lucent contar com os conhecimentos necessários para utilizar as características e capacidades da arquitetura Intel, para oferecer melhor rendimento nas funções IP/MPLS virtualizados, conforme explicou a Alcatel-Lucent em comunicado.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor