IBM está começando a implantar supercomputador Watson em África

Business IntelligenceData StorageEmpresasEscritórioNegóciosSoftware

A IBM começou, esta semana, a implantar seu sistema de supercomputador Watson em África. A empresa disse que o supercomputador ajudará a lidar com obstáculos continentais de desenvolvimento tão , como diagnósticos médicos, coleta de dados econômicos e pesquisa de comércio eletrônico. A maior fornecedora de serviços de tecnologia do mundo disse que o “Projeto

A IBM começou, esta semana, a implantar seu sistema de supercomputador Watson em África. A empresa disse que o supercomputador ajudará a lidar com obstáculos continentais de desenvolvimento tão , como diagnósticos médicos, coleta de dados econômicos e pesquisa de comércio eletrônico.

10_MHG_tec_ibm04

A maior fornecedora de serviços de tecnologia do mundo disse que o “Projeto Lucy” vai demorar dez anos até estar concluído e custará 100 milhões de dólares. O projeto foi chamado de “Lucy” em homenagem ao fóssil humano mais antigo, encontrado no leste da África.

A presidente-executiva da IBM, Ginni Rometty, disse: “Acredito que o projeto vai impulsionar toda uma era de inovação para os empreendedores aqui. Dados … precisam ser refinados. Eles vão determinar incontestáveis vencedores e perdedores em todas as indústrias”.

O Watson é um sistema de supercomputador de inteligência artificial nomeado e foi construído em homenagem ao presidente IBM, Thomas Watson. Este supercomputador conseguiu bater participantes num quiz show nos Estados Unidos, em 2011.

A tecnologia permitirá que as partes mais empobrecidas da África evoluam era áreas de desenvolvimento que não conseguiram alcançar por serem muito caros.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor