Microsoft deixará Windows XP em menos de 60 dias

SegurançaSoftware

A Microsoft alerta que vai deixar de dar suporte ao Windows XP em menos de 60 dias. O antigo sistema operacional não receberá mais atualizações de segurança e ficará vulnerável a partir de 8 de abril de 2014. As empresas que ainda têm o Windows XP em seus computadores correm risco de ficar desprotegidas de ataques virtuais.

A Microsoft alerta que vai deixar de dar suporte ao Windows XP em menos de 60 dias. O antigo sistema operacional não receberá mais atualizações de segurança e ficará vulnerável a partir de 8 de abril de 2014.

computer-software-engineers-m

As empresas que ainda têm o Windows XP em seus computadores correm risco de ficar desprotegidas de ataques virtuais. A Microsoft já alertou os seus cliente que as vulnerabilidades detectadas após 8 de abril não serão mais resolvidas.

Andrés Rengifo, diretor para América Latina da unidade de crimes digitais e propriedade intelectual da Microsoft, disse que “A segurança de nossos clientes corporativos é muito importante. É por isso que insistimos para que eles atualizem seus software e eliminem qualquer potencial ameaça cibernética”.

O Windows XP foi lançado pela Microsoft em 2001 e a empresa diz que suas ferramentas anti-malware e de segurança não são mais suficientes para defender as informações das empresas. “É importante ter um sistema operacional moderno, como o Windows 8, que é 6,5 vezes menos capaz de ser infectado por malwares do que o Windows XP”.

Tim Rains, diretor de “Trustworthy Computing” na Microsoft, avisou os usuários do Windows XP que depois do fim do suporte ao Windows XP, os criadores de malware podem começar a analisar os patches do Windows 7 e 8 em busca de falhas que também se apliquem ao XP. Como a empresa não vai assegurar mais a segurança deste sistema operativo,  não haverá patches para proteger o XP.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor