SAP aborda companhias no mercado de capitais

EmpresasFornecedores de SoftwareGovernançaNegóciosProjetosRegulação

A B!T esteve presente na palestra da SAP sobre a “Preparação das Companhias no Acesso ao Mercado de Capitais”. Durante a palestra, Alexandre Perlingeiro, membro da SAP, debateu alguns assuntos importantes na atualidade das companhias tecnológicas, como o papel das TI na preparação de acesso ao mercado de capitais, o gerencialmento de valor para companhia em

Especial SAP Brasil TOPO-08A B!T esteve presente na palestra da SAP sobre a “Preparação das Companhias no Acesso ao Mercado de Capitais”. Durante a palestra, Alexandre Perlingeiro, membro da SAP, debateu alguns assuntos importantes na atualidade das companhias tecnológicas, como o papel das TI na preparação de acesso ao mercado de capitais, o gerencialmento de valor para companhia em crescimento e ainda esclareceu os critérios fundamentais que as companhias devem possuir para que consigam um crescimento empresarial.

 Imagem1

A importância da governança corporativa foi o primeiro tema a ser abordado. Assunto que, essencialmente, diz respeito a uma melhor prática de gerenciamento através de sistemas e controlos em linha, assim como uma “estrutura de negócios que deve ser criada conforme as normas locais e estrangeiras”.  A importância da eficiência operacional, bem como a efetividade financeira também foram temas de ordem, em que, “as companhias devem ter um foco na criação de valor ao acionista, bem como fornecer produtos e serviços ao mercado de uma forma eficiente e lucrativa.”

As TI também foram abordadas por Perlingeiro, em que, segundo o mesmo, “possuem um impacto direto na preparação para o crescimento companhias”. Nesse sentido, as áreas de infraestrutura mais importantes na preparação do IPO na estratégia das companhias, no entender da SAP, são o Sistema de Reporte Financeiro, com 80 por cento da importância, seguida da Governança e Compliance, com 79 por cento e ainda o Gerenciamento de Riscos e Controles Internos (71 por cento). Por sua vez, os menos importantes são os Sistemas de Orçamento e Previsão (22 por cento) e os Sistemas de Remuneração Gerencial, com 15 por cento.

No que diz respeito aos factores mais relevantes para a construção de valor pós-abertura de capital, são a Excelência Operacional, com 66 por cento, o Cumprimento de Expetativas IPO e ainda a Utilização dos Recursos levantados no IPO (47 por cento).

A apresentação terminou com a enunciação de algumas sugestões de como fazer crescer um negócio empresarial. Nesse sentido, para a SAP, qualquer companhia que queira ter um crescimento saudável, deve alinhar os negócios com as TI, avaliar as melhores práticas de negócio, buscar referências do fornecedor, administrar uma implementação eficaz e, sobretudo, promover a mudança cultural e enfrentar assim os paradigmas do panorama actual da tecnologia.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor