Microsoft adota estratégia mobile agressiva na Índia

HOMEMobilidadeNegócios

Depois do executivo Satya Nadella ter assumido a liderança da Microsoft, as coisas estão mudando rapidamente. O próximo passo é uma postura mais assertiva para ganhar espaço no mercado de dispositivos móveis. Conforme reportou The Times of India, a gigante vai isentar duas fabricantes indianas de pagar os royalties, que vão de US$ 10 a

Depois do executivo Satya Nadella ter assumido a liderança da Microsoft, as coisas estão mudando rapidamente. O próximo passo é uma postura mais assertiva para ganhar espaço no mercado de dispositivos móveis.

windows phone 2

Conforme reportou The Times of India, a gigante vai isentar duas fabricantes indianas de pagar os royalties, que vão de US$ 10 a US$ 20 por aparelho.

Esse é o primeiro movimento para encarar o Android com condições de igualdade. O sistema do Google pode ser usado sem custo pelos fabricantes e hoje detém 79% de participação no mercado mundial.

O Google faz dinheiro por meio dos aplicativos vendidos no Google Play e na publicidade movimentada no sistema, o que, além de cobrir os custos de desenvolvimento, se configurou em uma operação altamente lucrativa.

Além das fabricantes indianas, fala-se no mercado que a Microsoft também deve deixar de cobrar licenças de fabricantes como HTC, Sony e ZTE. O intuito seria crescer no forte mercado asiático.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor