Tumultos na Ucrânia podem estar ligados a ataques hacker

Cyberware-MarketingHOMESegurança

Equipamentos de rede da Crimeia estão supostamente sendo utilizados para atacar celulares dos líderes do país, enquanto hackers pró-Rússia corrompem sites noticiosos ucranianos. O Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) declarou que, nos últimos dias, forças armadas operando pela Rússia têm atuado para comprometer as comunicações móveis do país. Simultaneamente, vários sites de notícias da

Equipamentos de rede da Crimeia estão supostamente sendo utilizados para atacar celulares dos líderes do país, enquanto hackers pró-Rússia corrompem sites noticiosos ucranianos.

crimeia

O Serviço de Segurança da Ucrânia (SBU) declarou que, nos últimos dias, forças armadas operando pela Rússia têm atuado para comprometer as comunicações móveis do país. Simultaneamente, vários sites de notícias da região foram derrubados por ataques hacker.

O ataque às redes telefônicas, de acordo com o site RBK Ukraine, foi minuciosamente pensado para atingir elementos do parlamento e os membros do novo corpo de liderança, independentemente da sua aliança política.

Valentin Nalivaychenko, diretor do SBU, afirmou, em comunicado à imprensa, que a sabotagem foi feita por hackers, por meio de equipamentos ilegalmente instalados.

A infraestrutura da Ukertelecom, a operadora de telecomunicações local, foi o meio através do qual os criminosos conduziram os ataques telefônicos. Nalivaychenko confessou, sem entrar em detalhes, que o seu próprio telefone tinha sido hackeado.

Apesar de ter assegurado que a SBU está canalizando todos os seus esforços para deter os ataques, Navilaychenko disse que estas investidas guerrilheiras estão impossibilitando o trabalho das agências governamentais.

Segundo a Ukertelecom, desde 28 de fevereiro forças armadas não identificadas capturaram várias instalações de telecomunicações na Crimeia, causando danos físicos aos equipamentos. A operadora disse que estes incidentes poderão causar a interrupção de serviços por todo o país.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor