Dados representam 98% do tráfego das redes celulares

4GHOMEMobilidade

Relatório da Amdocs revelou que 98% do tráfego total de redes móveis no mundo em março foram apenas dados. A marca é oito pontos percentuais maior que o mesmo período no ano passado. O aumento do consumo de dados gerou, como efeito colateral, uma redução de até 17% nas ligações telefônicas de voz. O relatório

Relatório da Amdocs revelou que 98% do tráfego total de redes móveis no mundo em março foram apenas dados. A marca é oito pontos percentuais maior que o mesmo período no ano passado.

usuariossmartphones1

O aumento do consumo de dados gerou, como efeito colateral, uma redução de até 17% nas ligações telefônicas de voz. O relatório analisou 100 mil dispositivos móveis e 4 milhões de conexões de voz e dados na Europa, América Latina, América do Norte e região da Ásia-Pacífico.

O estudo da Amdocs apurou que no 4G, que tem pelo menos o dobro da velocidade do 3G, não houve um aumento no consumo de conteúdos pesados para as redes, como o de vídeos. Em sua análise, a empresa concluiu que os limites dos planos de dados são a maior barreira para o uso mais intensivo do serviço.

Como problemas, 47% dos usuários ouvidos afirmaram que a maior frustração com a operadora é a falta de cobertura de dados. Os limites mensais são citados por 30% dos assinantes, enquanto os custos com downloads são o motivo para 16%.

A análise da Amdocs é que o LTE deverá ser uma oportunidade para as operadoras, que devem planejar a implantação de soluções de otimização para gerenciar a base ativa de assinantes. Com mais flexibilidade, os usuários passarão de consumidores de conteúdo à geradores mais engajados, estimulando o uso global das redes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor