Interior de SP ganha projeto de Cidade Digital

HOMEMobilidadeProjetosSetor Público

A cidade de Águas de São Pedro, a 187 quilômetros da capital paulista, participa de um projeto-piloto para tornar-se a primeira Cidade Digital do País. Com investimento de mais de R$ 2 milhões na experiência, iniciada no final de 2013, a Telefônica Vivo quer que a cidade sirva de modelo para a implantação de projetos

A cidade de Águas de São Pedro, a 187 quilômetros da capital paulista, participa de um projeto-piloto para tornar-se a primeira Cidade Digital do País.

águas de são pedro digital

Com investimento de mais de R$ 2 milhões na experiência, iniciada no final de 2013, a Telefônica Vivo quer que a cidade sirva de modelo para a implantação de projetos semelhantes em território paulista e em outras regiões do Brasil.

A primeira fase do projeto acaba de ser concluída, com as obras de substituição da antiga central telefônica em um imóvel da cidade. Em vez de um único ponto de distribuição, foram instalados cinco armários compactos com interligação em fibra ótica em cinco pontos da cidade, para minimizar a latência e melhorar a distribuição da conectividade.

Com a implantação dos armários alimentados por fibra, a oferta de velocidades mais altas de banda larga, antes limitada às proximidades da central telefônica, estende-se para toda a cidade.

Como Águas de São Pedro tem cerca de 3 mil habitantes e não tem grande extensão territorial, o local é ideal para esse tipo de teste.

Houve também ganho da velocidade máxima de conexão: de 10 Mbps para 25 Mbps, permitindo que pequenas e médias empresas tenham acesso a soluções de última geração, como VPN IP e IP internet.

O projeto abrange também a implantação de soluções digitais nas áreas de educação, turismo, saúde e gestão pública. Entre várias ações, a Telefônica Vivo, por meio da Fundação Telefônica Vivo, levará tablets, incremento da banda larga com wi-fi de 2MB para 25MB e capacitação dos professores para as escolas de ensino do município, trazendo inovação e melhorias para a educação da região. A iniciativa segue os moldes do projeto Escolas Rurais Conectadas, que vem reformulando o ensino no âmbito rural.

Ainda na Educação, os alunos terão acesso à Nuvem de Livros, uma biblioteca online com cerca de 11 mil títulos de livros e 1,3 milhão de assinantes. Há, também, um aplicativo que permite melhorar a gestão da frequência, notas dos alunos e relação escola-família.

Na área de turismo, serão instalados totens digitais em espaços públicos com as principais atrações da cidade, mapas, eventos e várias outras informações importantes para os turistas. O público pode acessar também, por web ou aplicativo, o guia online Perto de Você, que localiza restaurantes, bares e todo tipo de comércio, além de oferecer mapas e traçar a rota para os pontos de interesse do usuário.

Moradores e turistas também terão acesso à internet via hot spots wi-fi em locais de maior fluxo de pessoas, além de acesso à Nuvem do Jornaleiro, que oferecerá aos moradores e turistas centenas de jornais e revistados digitalizados e online.

A digitalização em curso, na área de saúde, tem como principal objetivo fornecer tecnologia para melhoria da produtividade e eficiência dos profissionais da área, por meio do uso de dispositivos móveis e aplicações de última geração. Será possível, por exemplo, fazer a gestão online das consultas e acompanhamento da evolução clínica do paciente. Haverá, ainda, acesso a call center 24 horas por dia, com enfermeiros especializados para responder a dúvidas de saúde e terão acesso a conteúdos de utilidade pública.

O pacote digital da Telefônica Vivo para Águas de São Pedro inclui sistema de iluminação inteligente para áreas públicas, monitoramento de segurança e de trânsito, além de controle e disponibilidade de vagas em estacionamento nas vias públicas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor