Análise de Big Data para combater fraudes pode equilibrar o mercado

Big DataData StorageHOMESegurança

O uso de mão de obra especializada em análise de big data para o controle de fraudes e cibercrimes, por empresas de grande porte, deve aumentar de 8% para 25% até 2016, segundo levantamento divulgado pela Gartner. O crescimento está diretamente ligado à agilidade na construção e adoção de novas tecnologias utilizadas para este fim.

O uso de mão de obra especializada em análise de big data para o controle de fraudes e cibercrimes, por empresas de grande porte, deve aumentar de 8% para 25% até 2016, segundo levantamento divulgado pela Gartner.

big-data-Treinamento-IN-FOCO

O crescimento está diretamente ligado à agilidade na construção e adoção de novas tecnologias utilizadas para este fim. Ainda de acordo com dados da instituição, o retorno sobre investimento deve ocorrer seis meses após o a introdução do modelo.

Para Omar Jarouche, coordenador de Inteligência e Estatística da ClearSale, empresa especializada na prevenção de fraudes do comércio eletrônico brasileiro, responsável por cerca de 80% das análises feitas no mercado, este aumento faz sentido em um cenário onde a vida digital ganha força a cada ano.

“Utilizando o cenário brasileiro como exemplo, hoje temos pouco mais de 107 milhões de usuários na internet, com previsão de 56% a mais até 2016. A partir disso, podemos entender a cifra como um equilíbrio nos processos de segurança das grandes corporações, algo que já ocorre atualmente com resultados altamente positivos”, acredita Jarouche.

O aumento no investimento, segundo o especialista, acontece também pela complexidade que uma transação online acarreta. “Quando uma pessoa compra algum artigo pela internet, a quantidade de informação movimentada é enorme, que é convertida em uma fração de segundos para a analise de fraude. Durante o rápido processo, recebemos os dados, separando-os para averiguação a partir de cálculos estatísticos”, complementa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor