Game facilita aprendizado de idiomas no Brasil

HOMENegóciosSoftware

Uma nova opção de aprendizado de idiomas chegou ao Brasil pelas mãos da Question to Learn (Q2L). Trata-se de uma metologia de aprendizagem simples, interessante e intuitiva baseada na estrutura de um game, que incentiva o usuário a perseverar e absorver mais rápido os conhecimentos. A plataforma utiliza conceitos de gamification para apresentar seu conteúdo

Uma nova opção de aprendizado de idiomas chegou ao Brasil pelas mãos da Question to Learn (Q2L). Trata-se de uma metologia de aprendizagem simples, interessante e intuitiva baseada na estrutura de um game, que incentiva o usuário a perseverar e absorver mais rápido os conhecimentos.

idiomas

A plataforma utiliza conceitos de gamification para apresentar seu conteúdo ao jogador e, a princípio, está disponível nas versões inglês e espanhol.

São quatro níveis de aprendizado em inglês: Básico, Vocabulário I, Vocabulário Business e Copa. Em espanhol tem: Básico, Intermediário, Vocabulário I e Copa. Este último é dedicado a palavras e expressões que serão úteis no período dos grandes eventos esportivos no Brasil, principalmente para facilitar o atendimento ao turista.

A plataforma está disponível para iOS na Apple Store e Android, e também pode ser utilizada via web.

A ideia é que o usuário possa aprender a qualquer momento: seja em uma tarde de sábado ou nos seus momentos livres ao longo do dia, como idas e vindas para o trabalho e filas de espera. “Com a mobilidade cada vez mais presente na vida das pessoas, nós acreditamos que os smartphones são ferramentas preciosas para o ensino”, comenta o diretor geral do Q2L, Marcos Abellón.

O usuário escolhe qual disciplina pretende estudar. Para conhecer como é cada fase, ele pode jogar primeiro o conteúdo “freemium”, que não tem custo. Ao terminar de jogar a fase desejada, o usuário recebe algumas perguntas. Caso não consiga o nível mínimo de acerto de 80%, ele é convidado a rever o conteúdo nas opções “Learn” e “Learn more” antes de tentar novamente. Na opção “Learn” o aluno vê uma rápida explicação sobre o assunto abordado na questão e na “Learn more” é apresentada a explicação completa, com diversos exemplos que ajudam a fixar o assunto.

Existe também a versão customizada da ferramenta para treinamentos empresariais. Um hotel, por exemplo, que queira treinar seus funcionários para que aperfeiçoem seu inglês ou espanhol pode solicitar a versão para empresas e distribuir o app para os colaboradores. O gerente recebe uma versão do sistema que tem acesso aos resultados obtidos, podendo, dessa forma, observar quem está usando a plataforma, por quanto tempo e como está a sua evolução.

Especialmente interessante pela capacidade de avaliação individual de cada colaborador, o Q2L pode ajudar a capacitação da força de trabalho sem a pressão normalmente sentida com o aprendizado formal. Na ponta do lápis, o ensino à distância nessa modalidade também tem custo menor às empresas.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor