Google Drive tem funções fragmentadas

HOMEMobilidadeSoftware

O popular Google Drive, serviço de hospedagem de arquivos na nuvem e aplicações de escritório e produtividade, teve uma mudança significativa no modo de uso. Agora, em vez de editar textos e planilhas diretamente no serviço, os usuários precisarão de aplicações distintas. A descoberta foi feita pelo Android Police, que teve acesso ao novo aplicativo

O popular Google Drive, serviço de hospedagem de arquivos na nuvem e aplicações de escritório e produtividade, teve uma mudança significativa no modo de uso. Agora, em vez de editar textos e planilhas diretamente no serviço, os usuários precisarão de aplicações distintas.

google drive2

A descoberta foi feita pelo Android Police, que teve acesso ao novo aplicativo do Drive.

O novo drive permite a visualização de todos os arquivos, mas assim que é tentada a edição, ele leva a uma tela que informa que os arquivos só podem ser modificados utilizando-se os novos apps Documentos e Planilhas, disponíveis para iOS e Android. O download gratuito dos aplicativos pode ser feito pelas lojas online de ambos os sistemas.

As mudanças afetam diretamente os usuários corporativos das ferramentas de produtividade do Google, que precisarão instalar os novos apps para trabalharem os documentos.

A fragmentação do Drive é um refinamento de suas funções. Separando a área de armazenamento e criando aplicações especializadas, o Google adota a mesma postura da Microsoft, que sempre manteve seus programas de escritório separados, mesmo no ambiente mobile.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor