SAP Brasil fortalece presença na região Centro-Oeste

Fornecedores de SoftwareHOMENegóciosProjetos

A SAP Brasil anunciou a ampliação de seu projeto de expansão das operações para além de São Paulo, Rio de Janeiro e outras grandes capitais, com a contratação de novos executivos na região Centro-Oeste, com especial foco nos Estados de Mato Grosso (MT) e Goiás (GO). O objetivo da empresa é aumentar sua participação junto

A SAP Brasil anunciou a ampliação de seu projeto de expansão das operações para além de São Paulo, Rio de Janeiro e outras grandes capitais, com a contratação de novos executivos na região Centro-Oeste, com especial foco nos Estados de Mato Grosso (MT) e Goiás (GO). O objetivo da empresa é aumentar sua participação junto aos clientes e parceiros locais, ocupando espaços ainda pouco explorados em geografias específicas.

sap predio1

O projeto de expansão geográfica da SAP começou no ano passado e foi um dos principais responsáveis pelo crescimento da companhia no período. Com a missão de gerar novas oportunidades de negócios nestas regiões, Ricardo Medina, vice-presidente de Vendas para geografias da SAP Brasil, liderará o time regional dirigido por José Maurício Castro, diretor regional para Minas e Centro-Oeste. As novas contratações da SAP que completam a equipe são: Rudeon Barbosa e Cesar Mendonça, gerentes comerciais em Goiás, e Aline Seabra, gerente comercial em Mato Grosso.

“Nossa presença local e atuação mais próxima na região possibilitam entendermos as particularidades das empresas, seus desafios de negócios e, principalmente, as características destes mercados regionais. Nossa meta é ter equipes dedicadas em todas as regiões em que a SAP está presente”, afirma Medina.

Desde o ano passado, o projeto de expansão geográfica vem apresentando bons resultados: 31% das vendas de software SAP no País foram realizadas por canais autorizados e 60% dos negócios no período foram fechados com PMEs – muitas delas com operação em regiões distantes das grandes capitais.

“Nosso conjunto de soluções se adequa a qualquer tamanho de empresa, melhorando sua produtividade e simplificando a gestão dos negócios. Exatamente o que as empresas buscam para melhorar sua governança e se tornarem mais competitivas”, conclui Medina.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor