Trend Micro é aclamada por polícia japonesa

CyberwarEmpresasHOMENegóciosSegurançaSoftware

A Trend Micro recebeu reconhecimento solene do Departamento de Polícia Metropolitana do Japão pelo fornecimento de informações úteis no combate a roubos financeiros online no país. Segundo a Trend Micro apurou, a promessa de dinheiro fácil continua a ser a maior motivação para o cibercrime hoje. Os cibercriminosos tomaram como seu principal objetivo roubar informações

A Trend Micro recebeu reconhecimento solene do Departamento de Polícia Metropolitana do Japão pelo fornecimento de informações úteis no combate a roubos financeiros online no país.

policia japão

Segundo a Trend Micro apurou, a promessa de dinheiro fácil continua a ser a maior motivação para o cibercrime hoje. Os cibercriminosos tomaram como seu principal objetivo roubar informações que os levaria ao dinheiro, como por exemplo, informações bancárias online. Uma vez roubadas, estas informações podem ser usadas para transferir fundos ilegalmente das contas das vítimas.

Em 2013, o montante total de dinheiro roubado por meio deste método totalizou no Japão, 1,4 bilhões de ienes. Esta é, supostamente, a maior quantidade até a data, mas parece que 2014 já está correndo para recuperar o atraso, com 600 milhões de ienes já roubados, de acordo com a publicação da Agência Nacional de Polícia (NPA). A probabilidade é que esses números continuem subindo, o que representa um desafio sobre como parar o cibercrime de uma vez por todas.

Como parte dos esforços da companhia para deter o cibercrime, a equipe dedicada de pesquisadores, a Forward-Looking Threat Research (FTR) Team (equipe preditiva de pesquisa de ameaças), tem pesquisado sobre o que é preciso fazer para evitar perdas financeiras por meio de roubos online de contas bancárias. Além disso, foram elencados alguns métodos para rastrear e identificar os cibercriminosos responsáveis​​por informações roubadas e malwares.

Mas este tipo de medida não pode ser feita apenas por um fornecedor de segurança, como a Trend Micro. É absolutamente necessário trabalhar em colaboração com as organizações interessadas, como a polícia e os bancos envolvidos. O TM-SIRT da Trend Micro, que é o ponto de contato de cooperação para atividades de segurança no Japão, oferece às organizações envolvidas informações obtidas a partir de grupos de pesquisa internos, tais como o FTR, a fim de ajudar a combater roubos.

Derrubar o servidor envolvido no roubo financeiro é outro método de combater este tipo de crime cibernético, mas é isto é, na melhor das possibilidades, uma solução temporária. Isto porque a ação pode não afetar tanto os esforços dos criminosos, e ainda pode motivá-los a realizar ataques mais sofisticados.

O monitoramento de servidores é preferível. Ele permite que especialistas em segurança compreendam a operação do ataque e controlem a situação da melhor forma. Além disso, dessa forma, é possível ajudar a identificar os criminosos virtuais simplesmente esperando que eles entrem no servidor para obter as informações roubadas. O monitoramento de servidores pode então impedir novos ataques pelos mesmos criminosos virtuais e também evitar outros ataques.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor