Vendas de PCs no Brasil encolhem 37% em março

EscritórioHOMENegóciosPC

Levantamento da consultoria IDC revelou que o mercado brasileiro de PCs encerrou o mês de março com queda de 37% nas vendas, considerando-se o mesmo período de 2013. Foram vendidas 915 mil unidades de desktops e notebooks no mês. Segundo a consultoria de tecnologia, o mercado registrou crescimento de 16% em relação a fevereiro, mas

Levantamento da consultoria IDC revelou que o mercado brasileiro de PCs encerrou o mês de março com queda de 37% nas vendas, considerando-se o mesmo período de 2013. Foram vendidas 915 mil unidades de desktops e notebooks no mês.

mixed-initial-windows-8-pc-sales-estimates-analysts

Segundo a consultoria de tecnologia, o mercado registrou crescimento de 16% em relação a fevereiro, mas levando-se em conta que março concentra grande volume de vendas, no panorama global a perspectiva é ruim.

Para o ano, a expectativa da IDC é que sejam comercializadas 12,9 milhões de unidades. No ano passado, foram vendidas 13,9 milhões, queda de 10% sobre o volume de 2012.

Segundo Pedro Hagge, analista de mercado da IDC Brasil, após um fraco começo de ano, previa-se uma boa recuperação nas vendas de março, porém, o que se viu foi um volume modesto. “Historicamente, em anos de Copa do Mundo, o segmento varejista volta suas atenções para as vendas de TVs. Considerando ainda as vendas de outros dispositivos como tablets e smartphones e o cenário econômico modesto, o mercado de PCs sofreu um grande impacto”, afirma Hagge.

De acordo com o IDC, em março de 2014 foram vendidos 3.835.425 smartphones no país e 871.597 tablets, número próximo ao da venda de PCs no mesmo período.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor